O Instituto Cultural Sérgio Magnani (ICSM) tem expertise na elaboração, gestão e prestação de contas de projetos culturais. Atualmente é proponente e responsável pela gestão de projetos que garantem cerca de 80%  da programação artística da Fundação Clóvis Salgado (FCS), um dos mais importantes centros de cultura do País. O Instituto trabalha em parceria com as diretorias artística, de programação, planejamento, marketing e de ensino e extensão.

 

Por meio da execução de projetos culturais, a Fundação Clóvis Salgado realiza uma grande variedade de programação artística e cultural a preços populares ou com entrada gratuita. A gestão realizada pelo Instituto Cultural Sérgio Magnani garante economicidade e transparência no uso de recursos - uma característica afinada com o espírito da gestão pública.  Sua forma de atuação o tornou referência na área cultural, recebendo o Certificado da Boa Gestão, instituído pela resolução 028 da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. Um reconhecimento conquistado não apenas pela excelência na gestão — uma de suas marcas —, mas também por garantir que ações e projetos culturais tenham mais autonomia para se dedicar exclusivamente à execução artística. Essa contribuição para a força criativa é ainda mais favoráveis à cadeia produtiva da cultura em Minas Gerais.

 

Historicamente, o Instituto Cultural Sérgio Magnani já foi proponente em mais de 100 projetos com um índice de aprovação de aproximadamente 94%. Atualmente o Instituto é responsável pela gestão de 29 projetos que garantem as realizações da dos corpos artísticos da Fundação Clóvis Salgado - Companhia de Dança Palácio das Artes, Orquestra Sinfônica e Coral Lírico de Minas Gerais -; Atividades de extensão e Grupos jovens do Centro de Formação Artística (CEFAR) - Big Band, Ballet Jovem e Grupo de Choro -; Mostras e o Festival de Curtas no Cine Humberto Mauro e Exposições de Artes Visuais que ocupam os cinco espaços expositivos da Fundação.

 

O Centro Técnico de Produção (CTP), importante centro de produção cenotécnica, com credibilidade conquistada em mais de vinte anos de atuação na área, também é gerido pelo Instituto. O CTP é um lugar de encontro entre memória, pesquisa e produção do conhecimento e do fazer artístico de Minas Gerais.

 

O CTP oferece infraestrutura adequada à confecção dos elementos necessários à produção e realização de espetáculos, sem esquecer o constante resgate dessa tecnologia e o estímulo à produção das artes cênicas.

 

Tais elementos — de relevância inquestionável para a memória da produção artística do estado — encontram no CTP um local de preservação e manutenção constantes. Sua existência não apenas contribui para diminuir a carência de espaços físicos para armazenamento de acervos, como também permite que figurinos e cenários possam ser reaproveitados e reciclados.

 

Devidamente catalogada, a produção desse conhecimento fica disponível para pesquisa e locação. Diante da pouca bibliografia especializada existente, o CTP converte-se em importante alternativa para estudiosos da moda, do teatro, da história da arte e de áreas afins.

 

O Centro Técnico de Produção oferece infraestrutura adequada para a confecção os elementos necessários à produção de um espetáculo e estímulo à produção das artes cênicas.